Archive for Junho 2014

Fraldinha na cebola


Hoje é feriado de Corpus Christi, o dia está muito frio, chuvoso, com vento uivante e a turminha toda em casa. Em função das condições climáticas, a preguiça se fez presente e a necessidade de comer algo reconfortante se tornou ainda maior. Hora de botar a "cachola" para funcionar e tirar da manga uma boa ideia. 
O prato de hoje é uma adaptação da " Maminha na cebola", receita da fofa Palmirinha Onofre, receita essa que se encaixou perfeitamente ao dia de hoje, pois é de rápido preparo, fácil, pede pouquíssimos ingredientes e é, com certeza, deliciosa e reconfortante. Fiz ainda um creme de milho, batatas salteadas no azeite com sálvia e um arroz branco para acompanhar. Apostem na carne e no creme de milho, pois combinaram super bem.
FRALDINHA NA CEBOLA
  • 1 peça de fraldinha (a minha tinha 1,250 kg)
  • 4 cebolas, médias ou grandes, em rodelas
  • 2 sachês (ou cubos) de caldo de carne (usei sachês de picanha)
Em uma panela de pressão, coloque metade das cebolas em rodelas, ponha a peça de fraldinha inteira (tire o excesso de gordura antes) sobre as cebolas. Acrescente os sachês de caldo sobre a carne e cubra a peça com a cebola restante. Tampe a panela e leve ao fogo. Assim que a panela começar a apitar, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 30 minutos. A seguir, desligue o fogo e espere a pressão sair. 

Abra a panela e leve-a novamente ao fogo só para apurar um pouco o molho que se formou, caso prefira menos caldo. Caso contrário, sirva como está.

CREME DE MILHO
  • 1 colher (sopa) cheia de manteiga
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 500 mL de leite
  • 1 lata de milho verde em conserva (usei um pouco do líquido)
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • noz moscada ralada a gosto
  • 2 colheres (sopa) cheias de requeijão catupiry
Derreta a manteiga e junte a farinha, misture e faça um roux (mexa por, mais ou menos, 4 minutos). A seguir, coloque o leite aos poucos, mexendo sempre. Junte o milho verde, tempere com sal, pimenta-do-reino e a noz moscada e continue a mexer até encorpar e cozinhar bem (por, mais ou menos, 5 minutos em fogo baixo). Adicione o catupiry, mexa até encorpar ainda mais e desligue o fogo. Sirva com a fraldinha e o molho de cebolas.

Panquecas de frango com catupiry



Durante a semana havia assado alguns peitos de frango para deixar congelado, afinal, às vezes, o tempo é curto e assim, fica mas fácil preparar uma refeição rápida. Panquecas não são tão rápidas de se fazer, mas vale a pena pela alegria e satisfação estampadas nas carinhas dos filhotes. Aliás, esse é um prato que também podemos congelar muito bem. Vamos à receita, então:
Massa:

  • 1 xícara ( chá ) de farinha de trigo
  • 2 ovos
  • 1 xícara ( chá ) de leite
  • sal a gosto
Bata todos os ingredientes no liquidificador (ou no mixer), ponha a massa batida em uma vasilha coberta e deixe-a descansando por 1 hora em temperatura ambiente. A seguir, use uma frigideira antiaderente, aquecida e untada com óleo ou manteiga para fazer os discos de panqueca. Use uma concha média para fazer cada uma, depois de colocar a massa na frigideira, faça um movimento circular de modo a cobrir todo o fundo com a massa. Com a frigideira novamente sobre o fogo baixo, espere as bolhas na massa aparecerem e então, com cuidado e com auxílio de uma espátula vire-a para dourar o outro lado. Transfira a panqueca para outro prato e vá empilhando os discos até que acabe a massa.

O recheio pode e deve ser ao seu gosto. Para hoje escolhi fazer com frango, aquele que deixei congelado. Fiz assim:
  • 1 peito de frango grande assado e desfiado
  • 1/2 copo de requeijão cremoso
  • 3 colheres ( sopa ) de requeijão catupiry
  • salsa picadinha
  • sal
  • pimenta-do-reino
Misture tudo e recheie as panquecas, colocando um pouco da mistura no centro de cada disco e enrole a massa. Coloque os rolinhos em travessa untada, cubra com molho, queijo e leve ao forno para gratinar. Nesse caso usei um maravilhoso molho branco que achei em um dos livros da Rita Lobo, abaixo segue a receita.

MOLHO BRANCO DA RITA LOBO 
  • 1 litro de leite gelado
  • 3 colheres ( sopa ) de farinho de trigo
  • 3 colheres ( sopa ) de manteiga
  • 1 pitada generosa de noz moscada, sempre ralada na hora
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
Numa panela grande, derreta a manteiga. Junte a farinha e mexa vigorosamente com uma colher de pau por cerca de 2 minutos. Coloque o leite gelado de uma vez e, com um fouet, misture bem, até levantar fervura. Baixe o fogo e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos, mexendo sempre. No fim, tempere com a  noz moscada, sal e pimenta-do-reino a gosto.


Obs.: A receita desse molho branco está no novo livro da Rita Lobo, o maravilhoso "Pitadas da Rita". Vale super a pena tê-lo na sua biblioteca gastronômica. 

Postas de bacalhau ao forno.

     O almoço deste domingo foi um mimo que fiz a mim mesma. Amo bacalhau, melhor ainda são as lembranças dos pratos preparados pela vó Maria usando esse peixe tão maravilhoso. Acho que, para ela, essa era uma maneira de matar a saudade da Terrinha e assim, me sinto do mesmo jeito, um tantinho mais perto desse Portugal que me é tão familiar e querido.
     Voltando ao meu bacalhau de hoje, essa é uma daquelas receitas que você vai desenvolver de acordo com o que se tem na dispensa e geladeira. Separados os ingredientes, mãos a obra. Para esse almoço de domingo usei:

  • 1 caixa de postas de bacalhau dessalgado ( Usei Riberalves de 800g)
  • 2 folhas de louro 
  • 6 mini cebolas
  • batatas
  • cenouras
  • vagem holandesa 
  • azeitonas pretas 
  • palmito
  • 3 ovos cozidos 
  • 1 lata de grão de bico
  • pimentões vermelhos e amarelos em tiras
  • tomates grape
  • cebolas ( Usei cebolas roxas e grandes )
  • azeita q.b

     Comece dando uma fervura no bacalhau, coloque as postas na panela com água, as folhinhas de louro e as mini cebolas. Deixe ferver por uns 10 minutos, retire o bacalhau e as cebolinhas. Reserve. Acerte o sal da água usada para cozinhar o bacalhau e ponha as batatas e cenouras em pedaços, deixando-as cozinhar até ficarem macias. Retire com uma escumadeira e então, cozinhe as vagens.
     À parte, usando uma wok, doure as fatias de cebola no azeite até ficarem douradinhas. Reserve. Nesse momento, os ovos já foram cozidos e o grão de bico escorrido. É hora de montar o prato.

     Use uma travessa grande e que possa ir ao forno, ponha um pouco de azeite no fundo e coloque os legumes já cozidos. Por cima, pedaços das postas do bacalhau, grão de bico, azeitonas, ovos em rodelas grossas ou gomos, o palmito também em rodelas e as mini cebolas cozidas. Finalize com as tiras de pimentões e tomatinhos. Regue com bastante azeite, use o moedor de sal e pimenta do reino para temperar os pimentões e tomates e, então, leve a travessa ao forno até um aroma maravilhoso tomar conta de toda a casa. 
     Retire a travessa do forno e coloque as cebolas douradas no azeite por cima. Sirva a seguir. Fiz um arroz branco para acompanhar e, para quem gosta, uma boa taça de vinho tinto para beber. A filhota adorou e o marido, pasmem, repetiu! Ficou delicioso!!!


Tecnologia do Blogger.