Archive for Julho 2014

Pizza American Hot, não tão hot, mas saborosíssima!


Essa é mais uma receita perfeita e deliciosa do divo Jamie Oliver. Sim, divo! Eu já postei uma receita dele aqui, do livro a Itália de Jamie, mas precisava dividir com vocês essa massa do novo e imperdível "Economize com Jamie". A massa segue o mesmo modo de preparo que a receita anterior, mas com algumas diferenças nos ingredientes, porém de sabor incomparável, além de possuir maciez e fofura.
Jamie juntou a pizza mais consumida no Reino Unido, a American hot (bem apimentada) com a clássica de Chicago (com a massa bem grossa) e o resultado foi simplesmente apaixonante. Como eu queria, na verdade, experimentar a massa, não ousei no recheio. No livro, ele sugere aproveitar sobras de carne (porco ou outra), pimentas japaleño, linguiças, queijos, páprica (eu usei!), etc.
Para resumir, IMPERDÍVEL, vale super a pena fazer e guardar a massa à sete chaves. Ah, tem o molho dele também, adoramos! A minha turminha caiu de boca, e, no dia seguinte, acabaram com a sobra requentada. Precisa falar mais? Vamos à receita:

Ingredientes:
  • 1 Kg de farinha de trigo (e mais um pouco para polvilhar)
  • 1 sachê de fermento seco (uso 2 colheres de sopa)
  • 3 colheres (sopa) de azeite ou sobra de gordura de porco (usei o azeite)
  • 1 colher (chá) de sal
  • 600 ml de água morna
  • pão torrado e moído para polvilhar as formas
Modo de preparo:
Junte a farinha e o sal, faça uma cova no meio (na bancada ou em uma bacia grande). Reserve. Aqueça a água, coloque o fermento e dê uma misturada com o garfo, junte o azeite e ponha em mistura no centro da farinha. Comece a misturar farinha ao líquido com um garfo e depois de agregar tudo, sove a massa até ficar lisa e elástica. Ponha em uma bacia coberta com pano úmido e deixe crescer até dobrar de volume. Enquanto isso, prepare o molho. 


Molho
 Em um liquidificador, bata: 
  • 1 lata de tomates pelados (400g)
  • 2 dentes de alho
  • 1 colher (chá) de orégano seco
  • 1 colher (sopa) de vinagre tinto
  • sal a gosto
Bata bem e reserve. Pré aqueça o forno, sove novamente a massa e divida em 4 partes. Abra cada pedaço sobre uma superfície lisa e enfarinhada com discos de, aproximadamente, 30 cm. Acomode os discos em fôrmas polvilhadas com farinha de pão torrado, empurrando a massa com os dedos para criar uma borda mais grossa. Deixe que cresça por mais 15 a 20 minutos. Ponha agora o molho e o recheio escolhido. Polvilhe um pouco de páprica defumada e leve ao forno para assar. 
 
*Dica do Jamie: Você pode montar a pizza, cobrir com filme plástico e congelar. Além disso, você pode fazer as pizzas com massa mais fina ou usar a massa para preparar pães.




 

Minha geleia de morangos

Na sexta-feira passada, o marido chegou em casa com um presente que adoro: frutas deliciosas e fresquinhas. Lindo!! Havia laranjas e tangerinas doces e suculentas, enormes e atraentes frutas do conde e algumas caixas de morangos vermelhinhos e perfumosos. Não pensei duas vezes em separar alguns morangos para devorar in natura, mas usar todo o resto no preparo de uma deliciosa geleia. O resultado foram 2 potes de uma geleia saborosa, cheirosa e linda! O perfume tomou conta da casa e quero muito dividir com vocês a receita, vamos lá? 

Ingredientes:
  • 1 kg de morangos higienizados e sem cabinho
  • 800 g de açúcar
  • suco de meio limão (usei um limão siciliano grande)

Modo de preparo:
Numa panela grande e de fundo grosso, coloquei os morangos, cortei em 4, o açúcar e o suco de meio limão. Misture tudo, tampe a panela e deixe-a (fora do fogo) por um tempo para macerar, até que se forme um caldinho. A seguir, leve a panela, destampada, ao fogo brando e deixe ferver. Retire e despreza a espuma que irá se formar com o auxílio de uma concha. Mexa de vez em quando para não queimar a geleia.
O ponto da geleia se dá quando se formam bolhas grandes, você pode fazer o teste do pires, colocando uma colherada de geleia em um prato e passando o dedo no meio, se o "caminho" for mantido é porque está no ponto.
Armazene a geleia em potes esterilizados e conserve na geladeira, pois não há conservantes. Eu costumo congelar e não há alteração na textura e nem no sabor. Essa ideia é boa para aproveitar a safra e, assim, o bom preço e sabor dos morangos, é uma maneira que encontrei de ter sempre essa delícia em casa.
Obs.: Lembrando que essa geleia fica ótima com aquelas panquecas americanas que já postei aqui no blog.


Panquecas americanas para o lanche de uma sexta chuvosa!

Nessa sexta-feira invernal a natureza nos presenteou com um dia chuvoso e frio, com os filhotes e o marido em casa, é, então, hora de preparar um lanche gostoso e assim mimá-los mais um pouquinho. Fiz um bolo de baunilha, que ficou maravilhoso, mas resolvi também preparar umas panquecas americanas.
Havia na fruteira umas maçãs meio "tristinhas", que precisavam ser logo consumidas, então usei algumas para saborizar metade das panquecas. Posso garantir que as de maçã ficaram deliciosas! O lanche foi delicioso e a tarde mais aconchegante.Vamos à receita?

Massa:
  •  1 e 1/4 de xícara (chá) de farinha de trigo
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 3 colheres (chá) de fermento em pó
  • 2 ovos
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 1 pitada de sal
  • manteiga ou óleo para untar
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha
Modo de fazer:
Numa vasilha grande, coloque os ingredientes secos (farinha, açúcar, sal e fermento) e misture. À parte, em outra vasilha, bata levemente os ovos e acrescente o leite e a essência de baunilha. Junte a parte líquida à mistura dos secos e, usando um mixer ou fouet, misture os ingredientes até obter uma massa homogênea. Deixe-a descansar por uns 20 a 30 minutos em temperatura ambiente. 
Para fazer as panquecas, use uma frigideira antiaderente, de preferência, pequena, aquecida e untada com manteiga ou óleo. Coloque uma concha de massa e assim que se formar bolhas, vire-a com cuidado para dourar o outro lado. Sirva as panquecas quentinhas com geleias, maple syrup, mel, sorvete, etc. No meu caso, usei o Maple.
Para diversificar o sabor e usar aquelas maçãs que estavam esquecidas na fruteira, reservei metade da massa e juntei a ela a maçã ralada. Caso prefira, no lugar da maçã é possível usar pera ralada ou banana em rodelas. Nesse caso, prefiro comê-las polvilhadas com açúcar e canela.

Tecnologia do Blogger.