Archive for Fevereiro 2015

Rosca de limão e amêndoas ( Annabel Langbein )

     A receita de hoje é maravilhosa! Reúne sabores que adoro.... O cítrico e o frescor do limão siciliano, a leveza do chantilly e a delicadeza da massa, coberta por lâminas de amêndoas e  polvilhada com açúcar de confeiteiro. O fato de ser uma sobremesa deliciosa já era motivo para aparecer por aqui, mas eu queria, na verdade, era falar da dona da receita, a Annabel. Há muito tempo acompanho seu trabalho e a maneira com que ela lida com a comida de uma forma geral é , para mim, motivo mais do que suficiente para admirá-la e tê-la como fonte de inspiração. Annabel é uma chef neozelandeza, que cultiva de tudo um pouco em terras belísssimas às margens do Lago Wanaca, na Nova Zelandia, e utiliza ingredientes sazonais e fresquíssimos para preparar pratos de se comer rezando... É bonito de se ver o respeito que ela demonstra com a Natureza!
     À partir dessa receita, muitas outras aparecerão por aqui, pois vale muito a pena... Apresentacão feita e, acredito, que muitos de vocês já a conheçam, vamos ao que interessa, a receita!
Ingredientes:
Massa:
  • 1/2 xícara (chá) de água + 50 ml de água
  • 4 colheres (sopa) de manteiga (80 gramas)
  • 3/4 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1  colher  (sopa) de açúcar
  • 1 colher(sobremesa) de baunilha ( essência)
  • 2 ovos grandes ou 3 médios
Recheio:
Lemon curd:
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 220 g de manteiga (usei 200g)
  • raspas de um limão siciliano
  • 1 e 1/4 de xícara (chá) de suco de limão siciliano
  • 6 ovos inteiros, levemente batidos com o fouet
Chantilly:
  • 500 ml de creme de leite fresco
  • 100g de açúcar de confeiteiro
  • Fruta vermelha a gosto (Annabel usou morangos frescos,mas pode ser a que preferir. Eu usei cerejas em caldas que fiz em dezembro,pois são as preferidas dos meus filhos.)
Cobertura:
  • amêndoas picadas ou laminadas q.b
  • açúcar de confeiteiro q.b
Modo de preparo:
Massa:Leve uma panela ao fogo médio com toda a água e a manteiga, quando ferver, jogue toda a farinha de uma só vez e misture com a colher de pau por mais ou menos 1 a 2 minutos. Retire do fogo e transfira a massa para a batedeira, junte o açúcar e a baunilha e bata (velocidade média) adicionando os ovos, um a um. Desligue a batedeira, ao levantar o batedor, a mistura tem que partir. À parte, corte um pedaço de papel manteiga e , usando uma forma de 20 cm de diâmetro, marque um círculo com o lápis. Vire o papel manteiga, unte com manteiga e cubra com colheradas de massa o círculo marcado a lápis. Use um garfo para dar a forma certa do círculo e marcar o topo com as ranhuras do mesmo. Salpique as amêndoas e leve ao forno a 200 graus por 12 minutos. Reduza a temperatura a 180 graus e deixe por mais 15 minutos ou até ficar dourado. Retire do forno, corte a massa ao meio, recheie com o creme de limão, ponha a fruta a gosto, cubra com outra metade de massa e polvilhe com o açúcar de confeiteiro. Leve a geladeira ou sirva a seguir, delicie-se. 

Lemon curd:Em banho-maria,numa vasilha de vidro,coloque o açúcar, a manteiga, as raspas e o suco de limão, mexa os ingredientes até a manteiga derreter. A seguir, junte os ovos levemente batidos e mexa bem enquanto cozinha, por mais ou menos 3 a 5 minutos. Faça o teste da estrada na colher de pau, se formar a marca, está pronto. Retire do banho-maria e passe pela peneira para tirar os gruminhos que se formam. Coloque o creme em potes e leve à geladeira.

Chantilly:Na batedeira, em velocidade média, bata o creme de leite (tem que estar bem gelado) e junte o açúcar de confeiteiro ,desligue ao atingir o ponto de creme de chantilly. Mantenha refrigerado.
Para fazer o creme que vai rechear a rosca utilize todo o chantilly misturando a ele 250ml do lemon curd. Misture levemente, deixando a mistura meio mesclada.
Obs: Se preferir, pode usar o chantilly comprado pronto, mas eu prefiro o feito batido em casa.
         A receita do lemon curd rende 2 potes de 250 g, deixe-o na geladeira, dura por bastante tempo.
         Se preferir, use um pouco menos do creme de limão misturado ao chantilly, caso ache que possa ficar meio azedinho.
          Experimentem a receita e depois me contem.... Geladinha fica divina!!!!!

Confit de Ameixa Seca com Vinho do Porto (Luiz Américo Camargo)

     Estão nessa receita dois ingredientes que adoro, as ameixas secas e o vinho do Porto. E as duas juntas resultam nesse confit delicioso, perfeito para compor a mesa de chá ou café. Mas nada impede que se coma essa delícia quando apetecer, inclusive acompanhando um assado ou carnes defumadas...
     A receita está no livro Pão Nosso, de Luiz Américo Camargo e é imperdível, assim como o livro, recheado de deliciosos pães e outras receitas maravilhosas.
     Aproveitei que tinha a tarde livre e resolvi, também, fazer um pão para compor o lanche da tarde... O escolhido foi um pão integral, cheio de grãos e castanhas, ficou muito bom !!! A casa logo ficou perfumada e os elogios fizeram valer cada sovada... Passo a receita do pão logo, logo!
     Ah, só mais uma consideração, na receita do confit não leva açúcar, mas senti que fez falta e acrescentei  um pouco do açúcar demerara (meia xícara das de chá). Para mim ficou perfeito, mas fiquem à vontade para seguir a receita original ou adicionar o açúcar como fiz...
Ingredientes:
  • 2 xícaras (chá) de ameixas secas sem caroço
  • 1/2 xícara (chá) de vinho do Porto
  • 2 xícaras ( chá) de água 
  • 1 unidade de canela em rama
  • 1/2 xícara (chá) de açúcar demerara ( opção minha)
Modo de  preparo:
     Corte as ameixas ao meio, coloque numa panela e junte a água, o vinho do Porto e a canela em rama. A seguir, leve ao fogo médio e, quando ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 40 minutos, mexendo de vez em quando. 
     Com uns 30 minutos de cozimento, já quase pronto, provei e decidi, então, juntar o açúcar demerara. Após adicionar o açúcar, mexi novamente e deixei por mais uns 5 minutos no fogo, não completando assim, os 40 minutos estipulados na receita. Retire do fogo, deixe esfriar e coloque em pote esterilizado. Conserve na geladeira. O autor cita a durabilidade do confit, grande, mas duvida que você o deixe na geladeira por muito tempo... E eu tenho que concordar com ele, pois é deliciosamente viciante... Ah, mais uma coisa, vai muito bem com um queijinho!

Tecnologia do Blogger.